Grécia Clássica

7 dia(s)

Partida de Lisboa e Porto às segundas, de 5 novembro 2018 a 25 março 2019;
Propomos-lhe um circuito ao coração da Grécia, onde terá oportunidade de visitar lugares repletos de história e magia.
Visitando: Atenas, Canal de Corinto, Epidauro, Micenas, Olímpia, Delfos, Kalambaka e Meteora.

desde € 1.315,00

Escolha a sua data de viagem

Apresentamos os melhores preços por data

  • Jan

  • Fev

    de 25 Fev a 03 Mar
    € 1315
  • Mar

    de 04 Mar a 10 Mar
    € 1315
    de 11 Mar a 17 Mar
    € 1315
    de 18 Mar a 24 Mar
    € 1315
    de 25 Mar a 31 Mar
    € 1315
Melhor preço do mês
Outros preços do mês
Completo
Não há partidas disponíveis
Início
Viagem
Dia  1
Lisboa ou Porto / Atenas


Comparência no aeroporto duas horas antes da saída do voo. Assistência nas formalidades de embarque e partida em voo da Lufthansa Airlines com destino a Atenas (via cidade europeia e com mudança de aeronave). Chegada a Atenas, transporte para o hotel escolhido. Alojamento.
Dia  2
Atenas


Pequeno-almoço. Visita panorâmica da cidade de Atenas, começando pelo centro da cidade, "o coração neoclássico”. Ao longo das avenidas Panepistimio, Stadiou, Reina Sofia e Amalias, poderá ver alguns dos edifícios neoclássicos do princípio do século passado, os quais representam o mais elevado grau de pureza do estilo. Em seguida, continuação pela praça Syntagma ou da Constituição, com o parlamento e o monumento erguido ao soldado desconhecido, o palácio presidencial, o estádio Panatenáico (antigo estádio), o templo de Zeus e a porta de Adriano. Chegada à acrópole de Atenas (entrada incluída), construída entre 450 a 330 a.C. sobre as ruínas de construções mais antigas. O sítio arqueológico possui quatro das mais importantes obras-primas da arte grega clássica: o Parténon, o Propileu, o Erecteion e o templo de Atena Nike. Regresso ao hotel. Restante dia livre. Alojamento.

Dia  3
Atenas / Canal de Corinto / Epidauro / Micenas / Olímpia

Pequeno-almoço. Saída de Atenas passando pelo Canal de Corinto, construído no final do séc. XIX e com 6,3km de comprimento. Este canal separa a península do Peloponeso da parte principal da Grécia, e torna o Peloponeso efetivamente uma ilha. Continuação para Epidauro, cidade da Grécia antiga, situada em Argolida, às margens do Mar Egeu e célebre pelo santuário de Esculápio, deus da Medicina, que atraía doentes de todo o mundo. Visita do teatro ao ar livre, construído no ano IV a.C. com uma acústica excepcional e que se crê que teria capacidade até 14 mil espectadores. Chegada a Micenas e visita da zona arqueológica. Micenas é uma das mais antigas cidades gregas que por volta de 1400 a.C. se tornou o mais importante centro político e cultural da região, e, segundo os épicos gregos, nessa época era o lar do rei Agamemnon. Aproximadamente em 1200 a.C. a supremacia de Micenas acabou, após a invasão dos Dórios. As mais importantes ruínas da cidade são as paredes ciclópicas, o Tesouro de Atreu e o de Clitemnestra. Almoço livre e continuação da viagem para Olímpia, via Tripolis e Megalopolis. Jantar e alojamento no hotel.
Dia  4
Olímpia / Delfos


Pequeno-almoço. É em Olímpia, que repousa o mais celebrado santuário da Grécia Antiga, e o lugar de nascimento do mais importante evento atlético de todos os tempos: os jogos Olímpicos. Estes eram a mais importante festa pan-helênica do mundo grego. Neles só podiam participar homens livres, de raça grega, e em pleno gozo de seus direitos de cidadão. Os jogos eram dedicados a Zeus, a divindade suprema. O santuário contava com o ginásio, a palestra, o estádio, o hipódromo, além de um hotel e dois templos, um de Hera e um de Zeus. Este era o maior templo da Grécia continental e possuía, em seu interior, a célebre estátua de Zeus, considerada pelos antigos, uma das Sete Maravilhas do Mundo.
Visita do museu e zona arqueológica de Olímpia, do templo de Zeus e Hera e do antigo estádio olímpico.
Logo depois, passando pelas planícies de Eliada e Ahaia e sobre a ponte que cruza a baia de Corinto
de Rion a Antirion. Continuação da viagem para Delfos, passaremos pelas cidades pitorescas de Nafpactos (Lepanto) e Itea.Jantar e alojamento no hotel.

Dia  5
Delfos / Kalambaka


Pequeno-almoço. Durante a manhã visita à cidade de Delfos que constituía, para os antigos gregos, o umbigo do mundo. As suas ruínas atestam ainda a grandeza de um dos maiores centros culturais e religiosos do mundo grego.
O oráculo de Delfos desempenhava um papel estabilizador e pacificador dos povos helênicos, que a ele acorriam em consulta antes dos grandes empreendimentos políticos ou guerreiros. A cidade, edificada em torno do santuário de Apolo. As ruínas de Delfos começaram a ser escavadas a partir de 1892 por arqueólogos da Escola Francesa de Atenas, que reconstituíram o plano original com base nos escritos de Pausânias, do século V a.C. Além do templo de Apolo, as termas, uma ágora, o ginásio, o teatro e o santuário de Atena podem ser vistos na cidade sagrada, em cujo museu se encontram atualmente tesouros como a esfinge de Naxos.
Visita do Templo de Apolo, do teatro e do estádio. Continuação da viagem para Kalambaka. Jantar e alojamento.

Dia  6
Kalambaka / Meteora / Atenas


Depois do pequeno-almoço, visita de Meteora, onde espetaculares mosteiros bizantinos suspensos em rochedos fascinam todo e qualquer visitante. Meteora significa “suspenso no ar” ou “entre o céu e a terra” e é o segundo maior complexo de mosteiros ortodoxos na Grécia. Os primeiros assentamentos remontam ao séc. XI, quando os primeiros eremitas ocuparam algumas cavernas junto aos penhascos. No começo do séc. XII, formou-se uma comunidade de ascetas que deu início a um estado de mosteiros organizados. Os monges eremitas, procurando um refúgio seguro à ocupação otomana, encontraram nos rochedos inacessíveis de Meteora um refúgio ideal. Foram construídos mais de vinte mosteiros, mas hoje em dia existem apenas seis. O acesso aos mosteiros era feito por guindastes, mas em 1920 foram construídas escadas de acesso, por onde se sobe atualmente. A inteira povoação monástica foi declarada pela UNESCO Património Mundial da Humanidade. Continuação da viagem para Atenas. Almoço livre. Chegada a Atenas pela tarde e resto do dia livre. Alojamento.
Dia  7
Atenas / Lisboa ou Porto

Pequeno-almoço. Em hora a determinar localmente, transporte para o aeroporto de Atenas. Formalidades de embarque e partida em voo da Lufthansa Airlines com destino a Lisboa ou Porto (via cidade europeia e com mudança de aeronave). Chegada. Fim da viagem.
Fim
Viagem

Serviços incluídos:

Passagem aérea em classe turística em classe "W" da Lufthansa (tarifa dinámica sujeita a alterações até à efetivação da reserva) para os percursos Lisboa ou Porto/ Munique ou Frankfurt / Atenas / Lisboa ou Porto. Franquia de 20kg de bagagem (1 peça);

Taxas de aeroporto, segurança e combustível (€ 185), sujeitas às alterações legais até à data de emissão dos bilhetes;

Transferes de chegada e saída em Atenas de acordo com o itinerário;

6 pequenos almoços e 3 jantares;

3 noites de estadia em Atenas em hotel de 4 estrelas (quartos standard);

3 noites de circuito clássico & Meteora em hotéis de 3/4 estrelas (quartos standard);

Guia em idioma espanhol ou inglês durante o circuito e visita de Atenas;

Meio dia de visita de Atenas incluindo entrada na Acrópole;

As visitas e entradas mencionadas no itinerário;

Assistência no aeroporto no dia da partida;

Taxas hoteleiras, de serviço e IVA;

Seguro Multiviagens com PVFM.

Serviços excluídos:

Extras de caráter pessoal;

Bebidas às refeições;

Tudo o que não estiver devidamente especificado em "Serviços Incluídos";

Despesas de reserva (€ 29) por processo e não por pessoa.

Notas:

Mínimo de 2 participantes